oalmirante @ 21:31

Seg, 10/01/11

Porto, 10 de Janeiro de 2010

 

A comunicação social nestes últimos dias tem sido dominada pelo homicídio de Carlos Castro. Ao que consta o modelo Renato Seabra, que participou num concurso da SIC durante o Verão, é o autor dos crimes. Sim, dos crimes, porque efectivamente não estamos a falar de apenas um crime de homicídio, existe burrice activa em todo este acto criminoso. Falamos de um português que tem um país fantástico e acolhedor para este tipo de práticas, mas que mera pirraça decidiu faze-lo nos EUA.

Dos principais dirigentes políticos nem uma palavra sobre este caso. A bolsa está no vermelho à quatro sessões consecutivas, os juros dos títulos da dívida rondam os 7% e agora isto para denegrir mais a imagem de Portugal no estrangeiro. Num país afrodisíaco no que respeita ao sector da Justiça, o português Renato Seabra decide assassinar Carlos Castro, num dos países menos recomendados para esse tipo de práticas. Que pensará a comunidade internacional de nós, que não nos sabíamos governar já todos sabiam, mas a esperteza continuava a ser um dos nossos fortes!



adriana @ 22:11

Seg, 10/01/11

 

meu querido e não te esqueças do crime profanação de cadáver
Tristemente a comunicação social esquece o pais e vive a sombra do espectáculo mediático .....

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
26
28
29

30


Radar
 

"We shall go on to the end, we shall fight in France, we shall fight on the seas and oceans, we shall fight with growing confidence and growing strength in the air, we shall defend our Island, whatever the cost may be, we shall fight on the beaches, we shall fight on the landing grounds, we shall fight in the fields and in the streets, we shall fight in the hills; we shall never surrender (...)"

blogs SAPO